Retração Gengival

Retração Gengival

Pode não parecer, mas a retração gengival pode acontecer até mesmo em pessoas com bons hábitos de higiene e uma boca saudável. O problema é bastante comum e diz respeito à contração da gengiva em direção à raiz do dente, o que deixa a dentina exposta, provocando a sensibilidade dentária.

As principais causas do problema são:

* Traumatismo por escovação

No caso do uso de escovas de cerdas muito duras, a retração pode ocorrer por causa do impacto provocado pela fricção, o que promove o afastamento do rebordo do tecido gengival da coroa do dente.

Outra hipótese comum é o uso de escovas com cerdas muito macias, que fazem com que algumas pessoas acreditem que precisam aplicar muita força durante a escovação — o que é errado.

escovar-os-dentes-com-forc3a7a

* Inflamação da gengiva

A inflamação da gengiva ocorre principalmente por causa da presença de tártaro ou placa bacteriana, porque quando estes microorganismos se alimentam de resíduos que ficam na superfície dos dentes e gengivas, eles liberam substâncias que irritam a gengiva, deixando-a inflamada.

gengivite

* Trauma oclusal

Acontece devido a forças excessivas sobre os dentes, geralmente por causa de seu mal posicionamento.

Em alguns casos, a retração pode também ser consequência de problemas oriundos de procedimentos odontológicos mal planejados, como implantes dentários, clareamento dental ou colocação de aparelho ortodôntico.

IF

Como prevenir?

É importante estar atento aos primeiros sinais de que a retração gengival está acontecendo. Ao perceber qualquer exposição da dentina, é necessário procurar um profissional. Como na maioria dos problemas de saúde bucal, a principal forma de combater a retração é prevenindo para que ela não aconteça.

Isso deve ser feito, principalmente, através da correta escovação, tendo bons hábitos de higienização, usando corretamente o fio dental e visitando um dentista periodicamente, pois o descuido pode comprometer para sempre a arcada dentária.

Consequências da retração gengival

Além do fator estético, a retração pode provocar mau hálito, dor nos dentes, sangramentos na gengiva no momento da escovação e sensibilidade excessiva na região.

O problema pode provocar também perda óssea ao redor do dente afetado e, ainda, caso seja ignorado, pode alcançar proporções maiores e ocasionar cada vez mais perda gengival.

hipersensibilidade1

Exposição da raiz provocando sensibilidade

Tratamentos

Cada caso deve ser avaliado por um profissional especializado, mas na maioria das pessoas o principal tratamento diz respeito ao trabalho de evitar que o processo de retração evolua. O primeiro passo é uma reeducação e alteração na forma de higienização, que deve ser feita com escova de cerdas macias e com atenção na força aplicada durante a escovação.

Em alguns pacientes, é preciso adequar restaurações já existentes e trabalhar no ajuste oclusal, alinhando os dentes mal posicionados. Para a gengiva já exposta, o tratamento consiste em intervenção cirúrgica, na qual é feita a extração de um pedaço da gengiva do paciente.

CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO E AGENDE UMA CONSULTA COM NOSSA PERIODONTISTA

agendar

Nenhum comentário

Escreva um comentário.